FIQUE POR DENTRO DO SEBRAE ENERGIA

Gestora Estadual do Projeto Sebrae Energia

Estamos mais uma vez diante de uma crise energética. Infelizmente!

E o que isso significa na prática?

Ao mesmo tempo em que as informações sobre um possível apagão ainda estão um tanto desencontradas, falhas pontuais no sistema podem começar a se tornar frequentes, além do risco de eventos de maior magnitude. São situações que estaremos expostos cada vez mais, se não resolvermos a crise hídrica e o abastecimento de energia.

A pandemia conseguiu acentuar o que já era uma realidade para todos nós: a dependência da energia elétrica. Lives, home office, aulas online, transações bancárias, entretenimento como os serviços de streaming. De repente, surge a possibilidade de que tudo isso seja interrompido com frequência em algum momento do dia. E agora? O que fazer?

Já passamos por algumas situações de apagões e foi preciso fazer um racionamento de forma sistematizada. Durante algumas horas do dia, tudo era desligado. Aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos não ficavam nem mesmo na tomada. Banhos tinham que ser rápidos ou o chuveiro elétrico desligado permanentemente. À noite, as famílias viviam à base de vela. Era a regra em todo o país: ou reduzia-se o consumo da casa em pelo menos 20% ou a energia seria cortada por três dias.

Nas ruas, tudo ficou mais escuro. Pelo menos um terço das lâmpadas foi apagada. Essas foram algumas das situações vividas no apagão de 2001 - a crise energética que levou a um racionamento de maio daquele ano até fevereiro de 2002. Agora, em 2021, exatamente duas décadas depois, imagine ficarmos sem energia em casa. Se ocorrer esse apagão, o impacto será outro, muito maior do que há 20 anos.

Atualmente temos muito mais necessidade de energia em função das demandas de nossa vida moderna e ainda temos o agravante do momento que são os impactos causados pela pandemia.

Muitas incertezas. O que sabemos mesmo é que, continuamos dependendo das condições climáticas e que não estamos livre de um apagão por causa da crise energética.

Não adianta chover em qualquer lugar. A chuva precisa acontecer preferencialmente no Sudeste. É lá que estão as nascentes dos rios que formam as maiores bacias, inclusive a do São Francisco, aqui do Nordeste.

Ao mesmo tempo, a economia no início dos anos 2000 estava entrando em um ciclo de aquecimento. Não é esse o caso agora. Essa observação é importante porque a performance da economia está diretamente ligada à necessidade de energia elétrica. Então, podemos concluir que quanto maior o crescimento de um país, maior será a necessidade de investir em geração de energia. Por isso, cada vez mais, precisamos estar atentos à nossa capacidade de gerar e distribuir energia.

Entre 1980 e 2000, o investimento em capacidade instalada para geração de energia foi bem menor do que entre 2000 e 2020. Só que, agora, o Brasil também vive uma crise econômica. É um contexto diferente. A crise pode impactar e reduzir o consumo de energia disponível. O que diminui a nossa necessidade de energia e pode, num momento de escassez, ser visto como bom. Isto pode nos levar a acreditar que o risco de apagão talvez seja menor, mas depende da gestão desses recursos.

Por isso, a recomendação do Sebrae é que os pequenos empresários também busquem soluções e saídas para a eficiência energética. Assim é possível diminuir o desperdício com medidas simples, como a troca de lâmpadas ou o aumento da iluminação natural ou a redução do uso de ar condicionado com a troca pela ventilação natural.

Vamos fazer a nossa parte. E seguir buscando a nossa eficiência energética!

Aline Lobo

Gestora Estadual do Projeto Sebrae Energia

Agende-se

Conteúdo Sobre Energia

Conteúdos criados especialmente para a gestão do seu negócio



ENERGIA EM DESTAQUE

SOLUÇÕES SEBRAE PARA MELHORAR SEU NEGÓCIO

Sebraetec

Um programa de orientações especializadas e sob medida para implementar soluções em inovação e tecnologia na sua empresa.
Para saber mais, acesse o Portal Sebraetec.

Sebrae Energia

Com um atendimento especializado, através do portfólio de soluções voltadas ao pequeno negócio, o Sebrae Energia oferece consultorias, capacitações, soluções de apoio a certificações e desenvolvimento tecnológico, além de atividades de promoção e acesso a mercado.

CONHEÇA O SEBRAE ENERGIA

O Sebrae Energia foi criado para inserir, de forma competitiva e sustentável, os pequenos negócios potenciais fornecedores da Bahia na cadeia de petróleo, gás e energia, prioritariamente a fonte solar fotovoltaica.

Com um atendimento especializado, através do portfólio de soluções voltadas ao pequeno negócio, o Sebrae Energia oferece consultorias, capacitações, soluções de apoio a certificações e desenvolvimento tecnológico, além de atividades de promoção e acesso a mercado.

APERFEIÇOAR SUA QUALIFICAÇÃO COM SUPORTE DE ACOMPANHAMENTO NA GESTÃO ESTRATÉGICA E FINANCEIRA

Suporte de acompanhamento em gestão estratégica e financeira durante 6 meses gratuito com possibilidade de renovação por um segundo ciclo de mais 6 meses com subsídio de 70% do valor de contratação, para os que concluírem a 1º ciclo de consultoria cumprindo todas as atividades previstas.

DESENVOLVER SEU NEGÓCIO ACESSANDO CONSULTORIAS, CAPACITAÇÕES, CERTIFICAÇÕES E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO

Acesso com subsídio financeiro de até 70% do valor de contratação pelo Sebrae, para aquisição de consultorias, capacitações e soluções de apoio a certificações e desenvolvimento tecnológico.

PARTICIPAR DE NETWORKING, ENCONTROS E RODADAS DE NEGÓCIOS, ACESSAR OPORTUNIDADES, CENÁRIOS E TENDÊNCIAS, MAPEAMENTOS E INFORMAÇÕES DE MERCADO

Análises de cenário e tendências disponibilizados para atividades de promoção e acesso a mercado, com mapeamento de oportunidades com cruzamento de demandas de contratação e oferta do portfólio de serviço da empresa.

QUEM PODE PARTICIPAR

Se você ainda não faz parte e quer participar saiba como. Conheça o sebrae energia.

Se a sua empresa pertence à cadeia de fornecedores de petróleo, gás e energia, a partir das fontes solar e éolica, inscreva-se agora mesmo.